Pinhole Digital


É possível adaptar uma câmera digital transformando-a em pinhole digital. Entretanto, nem todas digitais podem ser adaptadas. Aquelas que têm lentes (objetivas) intercambiáveis - que podem ser retiradas do corpo da câmera – são exemplos de digitais que podem ser adaptadas para pinhole.







Diferentemente das outras pinholes em que a imagem é registrada em papel fotográfico ou filme, nas digitais a captação da imagem é feita pelo sensor eletrônico (SLR) existente na câmera. 



Onde colocamos o furinho de agulha?


Nas pinhole o elemento ótico (por onde entra a luz) é o furinho da agulha. Assim, para transformar uma câmera digital em pinhole digital basta substituirmos as lentes por um dispositivo com um pequeno furo. O dispositivo pode ser a própria tampa da câmera:



Adaptando a digital



1 - Fazer um orifício na tampa com cerca de 0,5 cm de diâmetro (fig. 1):





2 - Em uma folha de alumínio retirada de uma latinha de refrigerante (fig. 2), fazer um furinho utilizando uma agulha usada em acupuntura (fig.3), que tem diâmetro 0,20 mm.


Como o diâmetro do furo é proporcional à distância focal da câmera (49 mm para a Nikon) significa que o diâmetro do furo deve ficar entre 0,20 mm e 0,30 mm.


3 – Prender com fita adesiva a folha de alumínio na tampa tomando o cuidado de centralizar o furinho do alumínio com o centro do orifício previamente feito na tampa (fig. 5).


4 – Colocar a tampa na câmera (fig. 6). A digital pinhole está pronta para fotografar.



Fotografando


Selecione o modo “Bulb” da câmera e escolha o tempo de exposição. Nesse modo, ao clicar para fotografar, o obturador (furinho) ficará aberto permitindo a entrada da luz durante o tempo escolhido para que o sensor eletrônico registre a imagem do objeto fotografado. O tempo de exposição adequado nas diversas situações de luminosidade só será determinado depois de diversas tentativas. Não desanime. 




Galeria Digital​